Avaliação da função visual ou avaliação da visão funcional? [quadro comparativo]

21/03/2019 0 Por Maria Amélia M. Franco
Avaliação da função visual ou avaliação da visão funcional? [quadro comparativo]

Quando o oftalmologista avalia QUANTO uma criança enxerga ele está avaliando COMO ela vê também?

O que você acha?

Quem se envereda pelos estudos sobre baixa visão uma hora ou outra fica confuso sobre dois conceitos que por vezes se misturaram na literatura: a avaliação da FUNÇÃO VISUAL X a avaliação da VISÃO FUNCIONAL.

Estava relendo esses dias a apostila de um curso que fiz com a terapeuta ocupacional Gabriela Cordeiro Corrêa do Nascimento. Mestra em saúde, interdisciplinaridade e reabilitação ela falava sobre deficiência visual e múltiplas deficiências.

Ela resume essa questão de forma bem didática:

“De maneira geral a avaliação oftalmológica, considerada mais formal, mensura as funções visuais e define como estas agem em um ambiente simplificado e artificial, isolando e variando uma função por vez. Estes dados determinam o potencial visual da pessoa. No entanto, saber como as funções visuais se comportam no ambiente descrito não determina a funcionalidade da pessoa com esta visão no contexto social. Para tanto, é necessária a avaliação da visão funcional, considerada mais informal, que pode identificar a presença de resíduo visual e como a pessoa utiliza esse resíduo nas tarefas cotidianas, no ambiente em que são realizadas. É, portanto, uma avaliação qualitativa com objetivo basal de identificar como a pessoa usa seu resíduo visual nas atividades relacionadas aos seus papeis sociais e que tem como principal fonte de informações a observação do comportamento. Com frequência esse tipo de avaliação é realizado por profissionais da saúde e da educação que trabalham na área da habilitação e reabilitação”.

Trocando em miúdos: o que diferencia a avaliação das funções visuais da avaliação da visão funcional?

Rever esses conceitos me inspirou este quadro comparativo que compartilho com você!
quadro com diferenças entre função visual e visão funcional

Como o olho ou como a pessoa funciona?

Digamos que a avaliação das funções visuais descreve como o olho funciona e como o cérebro processa as informações visuais. Porém, só a avaliação da visão funcional revela como a pessoa funciona em atividades relacionadas à visão. Além disso, como ela funciona em atividades relacionadas à integração da visão aos demais sentidos e habilidades (planejamento motor, funções executivas, relações socio-afetivas, comunicação e linguagem…).

E você já sabe: cada um funciona de um jeito! Mais que isso, cada um reage de forma diferente aos estímulos visuais. Seja na sua casa, na sua escola e em outros ambientes que frequenta enquanto exerce as atividades educacionais e de vida diária.

Portanto, cada um tem necessidades específicas relacionadas à aprendizagem, à autonomia e à independência. São essas necessidades que nortearão

  • as intervenções e estímulos para melhorar o uso do resíduo visual e a integração sensorial,
  • as adaptações e tecnologia assistiva adequadas, e
  • os serviços de orientação e mobilidade.

A arte de observar

A avaliação da visão funcional não é simples, é um processo. Requer empatia e atenção aos detalhes. Porque nem sempre se obtém uma reposta direta do paciente. Observam-se e interpretam-se as suas reações (feições, movimento dos olhos, fixação do olhar, agitação psicomotora, tentativa de alcance, esquiva).

Há ainda poucos estudos e métodos que poderiam servir de base a um protocolo de avaliação. São muitas as variáveis… Lembrando do que a professora Gabriela sempre destaca: a intervenção de crianças com deficiência visual, com outras alterações no desenvolvimento ou com múltiplas deficiências é interdisciplinar.

Bem, deveria ser… Já pensou que incrível seria envolver e buscar a cooperação conjunta da família, da equipe médica, dos terapeutas, dos educadores e das entidades governamentais?


Ps.:
Conte a sua experiência para a gente nos comentários e compartilhe seus conhecimentos! Fale como você atua, qual literatura inspira seu trabalho, que cursos indica e que procedimentos utiliza para a avalição da visão funcional.

Una-se a nós, por um novo olhar sobre o desenvolvimento e a aprendizagem da criança.

Faça como milhares de pais e profissionais que já recebem grátis
nossas publicações. cuidE da visão na infância e compartilhE O que aprende !

 | Nossos emails são esporádicos e não lotam sua caixa de mensagens. |



Compartilhe e ajude-nos a cuidar da visão na infância!